ENGIE LANÇA CONTEÚDOS ESPECIAIS SOBRE AGRONEGÓCIO E ENERGIA

Postado por Sylvio Pélico Leitão Filho 20/05/2020 16:37:30 Geral
Série terá a análise e comentários de representantes de empresas e instituições parceiras

A ENGIE, maior empresa privada de energia do País, atuando em geração, comercialização e transmissão de energia elétrica, transporte de gás e soluções energéticas e de infraestrutura, vai lançar, no dia 21 de maio, no blog de Soluções (https://blog-solucoes.engie.com.br/category/serie-agronegocio/) a série ENGIE e o agronegócio, que traz vídeos, artigos e entrevistas abordando temas atrelados a este setor.

Além de especialistas em agronegócio da ENGIE, a série também terá a análise e comentários de representantes de empresas e instituições parceiras, como a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), o Centro Internacional de Energias Renováveis (CIBiogás), a Agriness e a Pink Farms, primeira fazenda Urbana vertical na América Latina.

“Traremos insumos para que o produtor rural consiga traçar estratégias e se prepare para as novas tendências do setor”, diz Charles Bispo, gerente regional e especialista em Agronegócio para o Mercado de Energia da ENGIE.

“O setor agropecuário possui um potencial muito grande de geração de energia e grande diversidade de cadeias produtivas, sistemas de produção e tamanhos de propriedade, que refletem também em uma variedade enorme de oportunidades para a geração de energia renovável, desde o aproveitamento de resíduos até a utilização de modernos sistemas solares fotovoltaicos. Os ganhos são inúmeros em redução de custo, melhoria da qualidade ou, em casos específicos, com a comercialização como fonte de renda alternativa”, afirma Maciel Silva, coordenador de produção agrícola da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), que apresentará o vídeo “Oportunidades para geração de energia no agronegócio”.

“Os produtores rurais mais isolados dependiam somente da concessionária para a construção de redes de suprimento de qualidade. De 2008 para cá, outras tecnologias se desenvolveram e podemos contar, por exemplo, com sistemas híbridos que podem produzir energia por meio de sistemas fotovoltaicos, durante o dia, e à noite, por meio de diesel ou outra fonte de energia despachável como o biogás”, afirma Nicolas Lazzaretti Berhorst, analista de mercado de Biogás da CIBiogás, que apresentará o vídeo “Novas tendências de tecnologia de geração de energia para o agronegócio”.

VÍDEOS

Os vídeos que serão disponibilizados pela série de conteúdos da ENGIE são os seguintes:

https://blog-solucoes.engie.com.br/category/serie-agronegocio/

*Oportunidades para geração de energia no Agronegócio

*Novas tendências de tecnologia de geração de energia para o Agronegócio

*Agro 4.0

*Fazendas Urbanas – A revolução das fazendas verticais

A ENGIE E O AGRONEGÓCIO

A ENGIE é uma das primeiras empresas do setor de energia no país a obter cadastro junto ao Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) como fornecedora de sistemas fotovoltaicos que podem ser financiados pelos agricultores familiares. A obtenção do registro de produto financiável pelo MDA exige algumas qualificações como preço adequado, produto nacionalizado e filiação da empresa à Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSolar), todas cumpridas pela empresa.

“A energia solar é um recurso plenamente disponível e viável que veio para impulsionar ainda mais o agronegócio brasileiro”, diz Leonardo Serpa, diretor-presidente da ENGIE Brasil Soluções. “A obtenção do código MDA por parte da ENGIE aproxima ainda mais os produtores rurais desse recurso, uma vez que eles podem contar com financiamento facilitado para adquirir os sistemas”, conclui.

Com mais de 2 mil instalações solares realizadas no Brasil, a ENGIE é uma das principais fornecedoras de sistemas fotovoltaicos do país e conta com parceiros qualificados. A ENGIE fornece sistemas para todos os ramos do agronegócio e companhias de diferentes portes.

O investimento em um sistema de geração de energia solar fotovoltaica é atraente para os produtores rurais porque, com as alternativas de financiamento, o desconto obtido na conta mensal de energia da propriedade com a geração própria equivale ao valor da parcela do financiamento. Assim, o que é economizado na conta da luz é utilizado para pagar as parcelas do empréstimo. E, quando o empréstimo estiver quitado, o produtor terá em sua propriedade energia elétrica praticamente de graça, uma vez que as placas solares têm baixo custo de manutenção e garantia de geração de energia de 25 anos.

Sobre a ENGIE

A ENGIE Brasil (www.engie.com.br) é a maior produtora privada de energia elétrica do Brasil, com capacidade instalada própria de 10.211MW em 61 usinas, o que representa cerca de 6% da capacidade do país. A empresa possui quase 90% de sua capacidade instalada no país proveniente de fontes renováveis e com baixas emissões de GEE, como usinas hidrelétricas, eólicas, solares e biomassa.

Com a aquisição da TAG, a ENGIE é agora também detentora da mais extensa malha de transporte de gás natural do país, com 4.500 km, que atravessam 10 estados e 191 municípios.

Além disso, o Grupo atua no Brasil na comercialização de energia no mercado livre e está entre as maiores empresas em geração fotovoltaica distribuída. A empresa possui ainda um portfólio completo em soluções integradas responsáveis em reduzir custos e melhorar infraestruturas para empresas e cidades, como eficiência energética, monitoramento e gerenciamento de energia, gestão de contratos de fornecimento de eletricidade, iluminação pública, sistemas de HVAC, telecomunicação, segurança e mobilidade Urbana. Contando com 2.750 colaboradores, a ENGIE teve no país em 2019 um faturamento de R$ 10,5 bilhões.

O Grupo é uma referência mundial em energia e serviços de baixo carbono. Para fazer frente às mudanças climáticas, para fazer frente às mudanças climáticas, a ambição da ENGIE é se tornar líder global da transição para uma economia de carbono zero para os clientes, em particular empresas e autoridades locais. A ENGIE se apoia nas suas atividades chave (energia renovável, gás, serviços) para oferecer soluções competitivas turnkey “as a service”. Com seus 160.000 colaboradores, clientes, parceiros e stakeholders, o Grupo é uma comunidade de Construtores Imaginativos, comprometidos a cada dia com um progresso harmonioso.

Receita em 2019: 64,1 bilhões de euros. O Grupo está cotado nas bolsas de Paris e Bruxelas (ENGI) e é representado nos principais índices financeiros (CAC 40, DJ Euro Stoxx 50, Euronext 100, FTSE Eurotop 100, MSCI Europe) e índices não-financeiros (DJSI World, DJSI Europe e Euronext Vigeo Eiris - World 120, Eurozone 120, Europe 120, France 20, CAC 40 Governance).

 

Mais informações:

Pedro Soares

Tel.: + 55 21 2217-6500 -ramal 6581

Cel.: + 55 21 98269-1840

Website: http://www.fsb.com.br

Mauro Ramos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários

Nenhum comentário ainda foi feito, que tal ser o primeiro?




Noticiário Geral