EM ASSUNÇÃO, EXPEDIÇÃO SAFRA DEBATE POTENCIAL DO AGRONEGÓCIO NO PARAGUAI

Postado por Sylvio Pélico Leitão Filho 02/03/2018 18:51:50 Geral
Na segunda-feira (05/03), equipe reúne a cadeia produtiva em encontro técnico na sede da Capeco; roteiro internacional contempla ainda as regiões de Canindeyu, Alto Paraná e Itapúa

A Expedição Safra percorre esta semana as principais regiões produtoras de grãos do Paraguai. A equipe vai visitar os departamentos de Canindeyu, Alto Parana e Itapúa para acompanhar a reta final da colheita no país vizinho, que tem potencial para produzir mais de 9 milhões de toneladas de soja e mais de 4 milhões de toneladas de milho na temporada 2017/18. Para debater o crescimento do agronegócio paraguaio e as perspectivas para a próxima década, na segunda-feira (05), a equipe promove uma etapa internacional dos Seminários Expedição Safra. O evento ocorre na sede da Câmara Paraguaia de Exportadores e Comercializadores de Cereais e Oleaginosas (Capeco).

Somados ao desempenho brasileiro, os resultados alcançados pelo Paraguai na última década traduzem o potencial da América do Sul como celeiro do mundo. Segundo levantamento da Expedição Safra, o país vizinho saltou de 6,31 milhões de toneladas de soja produzidas na temporada 2007/08, para 9,02 milhões de toneladas no ciclo atual. No milho, os números também subiram, passando de 2,62 milhões de toneladas para 4,13 milhões de toneladas.

“À medida que a produção de grãos aumentou fortemente, também as indústrias relacionadas tiveram um desenvolvimento importante, posicionando o país como um importante player mundial na produção de alimentos. Hoje, o Paraguai é o maior produtor de etanol na América Latina com base em cereais (milho e sorgo)”, aponta a assessora em comércio exterior da Capeco, Sonia Tomassone. Do mesmo modo, a transformação de grãos em proteína animal, bem como moagem de soja, foram fortemente aumentadas, sem mencionar a indústria portuária e naval para o transporte de grãos, reforça Tomassone.

Conforme os números da Expedição Safra, mais da metade da soja e do milho produzidos nessa temporada serão enviados ao mercado internacional: 5,8 mi t e 2,5 mi t, respectivamente. “Os próximos dez anos serão importantes para o Paraguai. Com a redução da oferta de grãos pelos Estados Unidos e a crescente demanda mundial por alimentos, quem vai assumir esse espaço é a América do Sul. E entre os players da região, o Paraguai tem capacidade de multiplicar seu potencial na próxima década”, analisa o gerente do Núcleo de Agronegócio Gazeta do Povo e coordenador da Expedição Safra, Giovani Ferreira.

Para Sidinei Neuhaus, gerente de Marketing da Agrotec, empresa de fomento à produção e tecnologia agrícola no Paraguai, “o desempenho da produção agrícola e pecuária das últimas duas décadas não apenas consolidam o segmento como espelham o potencial do país como grande player do agronegócio sul-americano e mundial.” E a próxima década, segundo Neuhaus, sugere um ambiente ainda mais promissor, a considerar os investimentos do Paraguai direcionados ao setor. “Estamos avançando em tecnologia e infraestrutura, de logística e de produção, com o objetivo de ganhar escala, eficiência e tecnologia”, sentencia.

O Seminário Expedição Safra vai reunir representantes da cadeia produtiva local, da sociedade organizada e de entidades governamentais para debater como o potencial do Paraguai no mercado internacional pode ser multiplicado e explorado. Além de produção e mercado, o fomento à tecnologia também vai estar em pauta. O evento é gratuito e aberto ao público. Para participar, basta confirmar presença pelo link: http://materiais.gazetadopovo.com.br/segundoseminarioexpedicaosafra

----------------------------------

Sobre a Expedição Safra

A Expedição Safra faz um levantamento técnico-jornalístico da produção de grãos da América do Sul à América do Norte. Em sua 12ª temporada, o projeto percorre 12 estados brasileiros nas etapas de plantio e colheita. Para ampliar a discussão sobre mercado, desde a temporada 2010/11 a equipe realiza roteiros extraordinários, com incursões à Alemanha, Holanda, Bélgica, França, China, Índia, Israel, Rússia e ao Canal do Panamá. A Expedição Safra é uma iniciativa do Núcleo de Agronegócio Gazeta do Povo e conta com o patrocínio da Caixa Econômica Federal, Sementes Castrolanda, Agrotech, Alta, Expo Londrina, CREA-PR, Rumo, Integrada, C.Vale, CME Group, FAEP e Ocepar.

Mais Informações:

Centro de Comunicação

Camila Tsubauchi | Bruna Robassa

camilats@centrodecomunicacao.com.br

+55 (41) 3018.8062 | 9 9972.1904

FOTO: Gazeta do Povo/Marcelo Andrade

 

Comentários

Nenhum comentário ainda foi feito, que tal ser o primeiro?




Noticiário Geral