NOBREAKS SÃO A SOLUÇÃO NO AGRONEGÓCIO NA QUEDA DE ENERGIA

Postado por Sylvio Pélico Leitão Filho 28/10/2016 15:02:44 Meio Ambiente
Cada vez mais o setor vem se aperfeiçoando, e inserindo nobreaks para garantir energia elétrica para o uso de tecnologias nas indústrias e fazendas.

Considerado um dos segmentos mais proeminentes na economia nacional, o agronegócio tem seus segredos para estar em ascensão no Brasil. Mas não é só na área administrativa dessas grandes empresas que a eletricidade é fundamental. Hoje, o recurso vem sendo imprescindível, também, nos setores operacionais, como análises laboratoriais e criação dos animais.

Segundo a gerente comercial da NHS, Maria Helena Garcia, empresa fabricante de nobreaks, em ambientes como os criadouros de aves, suínos, bovinos e laticínios por exemplo, a preocupação em garantir a eletricidade é ainda mais acentuada. 

“Na indústria de laticínios, além das aplicações nos laboratórios de análises do leite, os nobreaks são utilizados também em sistemas de gerenciamento de ordenhas mecânicas”, exemplifica a gerente.

No agronegócio, o nobreak geralmente é utilizado em situações adversas. “É por isso que há necessidade do equipamento certificar, com eficiência, a continuidade da energia elétrica, uma vez que a falta dela, mesmo que por alguns minutos, pode proporcionar prejuízos já que se trata da criação e desenvolvimento animal e seus derivados”, afirma Maria Helena.

Customização de projetos

Para conseguir atender a todos os segmentos, o mix de produtos deve amplo e versátil. De acordo com Maria Helena, no caso da NHS, por exemplo, existem modelos que variam de 600VA a 15kVA nas linhas semi senoidal, senoidal e online dupla conversão, com opções bivolt automático de entrada com saída configurável, modelos bivolt simultâneo de saída e uma diversidade de modelos com transformador isolador e softwares de gerenciamento, inclusive remoto.

Mais Informações:

Fabiano Ferreira

redacao@comunicareagencia.com.br

 

 

Descrição: ass-mail-2016-01

Comentários

Nenhum comentário ainda foi feito, que tal ser o primeiro?




Noticiário Geral