PRECOCIDADE DOS ANIMAIS ABATIDOS NO CIRCUITO NELORE DE QUALIDADE 2018

Postado por Sylvio Pélico Leitão Filho 28/01/2019 17:47:12 Geral
Em 2018, número de etapas cresceu 37,5% e o de animais avaliados saltou 49,1% ante 2017- Na foto o presidente da ACNB Nabih Amim El Aouar

Três em cada quatro animais abatidos nas 11 etapas do Circuito Nelore de Qualidade 2018 tinham até dois anos de idade (0 a 2 dentes). Esse indicador comprova que, cada vez mais, os animais Nelore ficam prontos para o abate mais cedo, com ganhos em qualidade de carne e rentabilidade para o produtor. O Circuito é uma iniciativa da Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB), que conta com apoio das associações regionais do Nelore e com o patrocínio do Grupo Matsuda. 

No total, 8.852 animais participaram do Circuito, que teve etapas em unidades dos frigoríficos JBS (Araguaína/TO, Naviraí/MS, Vilhena/RO e Nova Andradina/MS), Frisa (Colatina/ES e Nanuque/MG) e Marfrig (Tangará da Serra/MT, Bataguassu/MS, Mineiros/GO e Nova Xavantina/MT). Deste total, 6.769 cabeças (76,4%) tinham entre 0 e 2 dentes, ou seja, eram extremamente jovens. O peso e o acabamento de gordura dos animais também foram destaques: 6.224 animais (70,3% do total) pesaram entre 18 e 22 arrobas e 6.106 (68,9% do total) apresentaram cobertura de gordura mediana ou uniforme na carcaça.

“Em 2008, portanto 10 anos atrás, 26,6% dos animais avaliados no Circuito tinham entre 0 e 2 dentes incisivos permanentes. Esse índice triplicou nesse período”, constata o dr. Nabih Amin El Aouar, presidente da ACNB.

“A juventude dos animais avaliados pelo Circuito é um fator extremamente positivo, e que nos deixa muito satisfeitos. Afinal, se trata de um indicador de melhoria significativa na produção brasileira, comprovando que os neloristas investem em genética, nutrição, sanidade e gestão de qualidade”, ressalta Guilherme Alves, gerente de produto da ACNB responsável pela operação do Circuito Nelore de Qualidade.

O Circuito tem o papel de evidenciar a evolução da raça Nelore e da qualidade da carne bovina brasileira. As avaliações feitas nas etapas servem de ferramenta para os produtores mensurarem os resultados com a genética, a nutrição, o protocolo sanitário e o manejo adotado na produção dos animais.

“É importante lembrarmos que a impressionante precocidade constatada na maioria dos animais que participaram do Circuito Nelore de Qualidade 2018 é alcançada sem o uso de hormônios e antibióticos, com pouca ração, e graças à genética e pastagens de qualidade”, destaca André Bartocci, diretor da ACNB.

Vencedores de 2018 – A medalha de ouro no Campeonato Melhor Lote de Carcaças do Circuito Nelore de Qualidade 2018 foi conquistada por Adilton Boff Cardoso, da fazenda Segredo (Bataguassu, MS). A medalha de prata ficou com Sandra Maria Massi, da fazenda Santa Bárbara (Ivinhema, MS), e a fazenda Reunidas Baumgart (Rio Verde, GO), de Rolf Gustavo Roberto Baumgart, conquistou a medalha de bronze.

“Pela terceira vez conquistamos a medalha de ouro do Circuito Nelore de Qualidade, o que nos enche de orgulho, pois mostra a qualidade genética dos animais que a fazenda Segredo vem produzindo”, comenta José Eduardo Lima, gerente de pecuária da fazenda Segredo.

Já no Campeonato Melhor Compra de Boi, a medalha de ouro foi conquistada pela equipe de originação do frigorífico JBS – unidade de Naviraí (MS).

Mato Grosso do Sul é destaque: Os vencedores de ambos os campeonatos do Circuito 2018 são do estado. “O julgamento de carcaças bovinas tem sido uma extraordinária iniciativa por parte da ACNB, pois a ação vem expressando todo o potencial que o Nelore possui em termos de produção de carne de qualidade no Mato Grosso do Sul, e em todo o país”, analisa Antonio Celso Gaiotto, presidente da Associação Sul-Mato-Grossense dos Criadores de Nelore.

Ao longo de 20 anos de realização do Circuito, já foram avaliados mais de 120 mil animais e realizados abates técnicos em 11 estados (Acre, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraná, Rondônia, São Paulo e Tocantins).

Parceria de sucesso: Tendo em vista a importância do Circuito Nelore de Qualidade para a cadeia produtiva da carne, o grupo Matsuda, em praticamente todas as etapas de 2018, expandiu a programação de atividades envolvendo sua equipe técnica, promovendo encontros de criadores e palestras nos eventos. “A Matsuda tem trabalhado para reunir os pecuaristas em torno do Circuito para mostrar ao país a qualidade da raça Nelore e dos produtos Matsuda, além de fortalecer essa parceria de sucesso com a ACNB”, comenta Carlos Tadeu Rosa, diretor da Associação Capixaba de Criadores de Nelore e representante do grupo Matsuda no Espírito Santo.

Mais Informações:

Gustavo Cezario

https://www.textoassessoria.com.br/assinatura/fone.png (+55) 11 3039-4100    https://www.textoassessoria.com.br/assinatura/cell.png(+55) 11 98994-3538

https://www.textoassessoria.com.br/assinatura/site.png www.textoassessoria.com.br    https://www.textoassessoria.com.br/assinatura/email.png gustavo@textoassessoria.com.br

 

Comentários

Nenhum comentário ainda foi feito, que tal ser o primeiro?




Noticiário Geral