DESTAQUES TECNOLÓGICOS DA EMBRAPA TEM RESULTADOS POSITIVOS NA PRODUÇÃO

Postado por Sylvio Pélico Leitão Filho 30/04/2020 18:04:41 Agricultura
Para agregar valor ao setor produtivo e gerar renda aos produtores rurais, a Embrapa entrega soluções tecnológicas que impactam positivamente o mercado e a agropecuária nacional

 


 Para agregar valor ao setor produtivo e gerar renda aos produtores rurais, a Embrapa entrega soluções tecnológicas que impactam positivamente o mercado e a agropecuária nacional. Ao comemorar seus 47 anos, a Empresa disponibiliza um conjunto de tecnologias lançadas ao longo de 2019 que já apresentam resultados positivos, e demonstram a abrangência de atuação da pesquisa agropecuária, desde o atendimento a políticas públicas de inclusão produtiva rural, a busca constante de alternativas sustentáveis até o desenvolvimento e o fortalecimento de novos mercados.

BiomaPhos é um exemplo de solução totalmente orientada à sustentabilidade da produção agrícola e desenvolvido pela Embrapa com parceria público-privada. Lançado em parceria com a empresa Bioma, trata-se do primeiro inoculante para fósforo, desenvolvido a partir de tecnologia nacional, que permite uma maior disponibilidade desse nutriente para as plantas. Além dos resultados promissores do BiomaPhos para os agricultores, o produto contribui para a ampliação do mercado de bioinsumos na agricultura brasileira.

O inoculante já apresenta incremento de até 10% na produtividade da soja e 12% na produtividade do milho em mais de 400 áreas produtivas no Brasil e tem importante impacto econômico para o setor agropecuário, porque ajuda a reduzir a importação de adubos fosfatados, a aplicação de fósforo nos cultivos, o custo para o produtor e o preço final para os consumidores. O gerente de Pesquisa e Desenvolvimento da Bioma, Artur Soares, revela que já foram comercializadas 350.000 doses de BiomaPhos, superando assim as expectativas de venda do produto.

Em relação à oferta de novas cultivares, em 2019 a Embrapa lançou variedades como o açaí BRS Pai d’Égua , o trigo BRS Belajoia, o arroz A501 CL e a soja BRS 8980 IPRO. Essas variedades despertaram rapidamente o interesse de produtores rurais em diversas regiões do País, porque oferecem proposta de valor tanto para o mercado de produção de sementes quanto para o consumidor final, uma vez que têm garantia de origem genética, e apresentam características diferenciadas como maior produtividade, sanidade e tolerância a variações climáticas. 

Desde que foi licenciada pela Embrapa e iniciou a comercialização das sementes do açaí BRS Pai d´Égua, a empresa Amazonflora já percebeu as vantagens da parceria, pois recebeu demanda de produtores de vários estados, além da grande procura de sementes por produtores de diversos municípios do estado do Pará, resultado que demonstra que a variedade é um sucesso de vendas, porque em 5 meses o açaí Pai d’égua superou a venda de sementes de outras variedades pela Amazonflora.

O desenvolvimento de tecnologias em apoio a Políticas Públicas é outra modalidade de atuação da Embrapa para garantir a incorporação de soluções tecnológicas no ambiente social e produtivo.Com grande aplicação para produtores de todas as regiões do País, o Zarc Plantio Certo é um aplicativo desenvolvido para ser um instrumento de política agrícola e gestão de riscos na agricultura, porque simplifica o acesso de agricultores às informações do Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc), uma ferramenta utilizada no processo de contratação de seguro agrícola pelos produtores rurais de diversas culturas.

Este ano o aplicativo ganhou um novo módulo, destinado à cadeia da mandioca, permitindo que o produtor possa saber qual a melhor variedade, quando e onde plantar a cultura. Dessa forma, os produtores têm em mãos informações qualificadas sobre duas variáveis importantes no momento de planejar o plantio: o risco climático e o material genético mais adequado. Para o usuário Eder Wiedenhoft, da Emater RS, o diferencial do Zarc Plantio Certo "é que auxilia na programação da melhor data de plantio", com a vantagem do agricultor ter todas as informações na palma da mão. 

 

Açaí Pai d´Égua: produção o ano inteiro

A variedade de açaí BRS Pai d´Égua, recomendada para irrigação de terra-firme, foi lançada pela Embrapa Amazônia Oriental (PA) em 2019, e oferece retorno financeiro mais rápido ao agricultor, porque produz o ano inteiro e apresenta maior produtividade, chegando a 12 toneladas ao ano por hectare, enquanto o açaí manejado de várzea e o cultivado em terra-firme sem irrigação produzem cerca de cinco toneladas anuais por hectare. Além disso, destaca-se também por sua produção precoce - a primeira colheita se dá aos três anos e meio, enquanto os materiais tradicionais iniciam no quinto ano.

O material, desde que irrigado, produz tanto na safra quanto na entressafra, e atende as principais demandas da cadeia produtiva do açaí, que é produzir na entressafra e ter frutos menores que facilitam o processamento e rendem 30% mais polpa que os materiais tradicionais, características que agradam tanto ao produtor quanto ao mercado.

O pacote com 1Kg contêm aproximadamente 850 sementes do açaí Pai d´Égua, que são comercializadas pela Amazonflora, empresa licenciada pela Embrapa e que também oferece orientação técnica a distância para os produtores do açaí em outros estados e, no Pará, faz o acompanhamento de plantios. 

 

Aplicativo ZARC Plantio Certo

O aplicativo Zarc Plantio Certo foi desenvolvido sob a liderança da Embrapa Informática Agropecuária (SP), Unidade responsável pela coordenação da Rede de Pesquisa que atua na execução do Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc). O aplicativo funciona em sistema operacional Android e está disponível gratuitamente na loja de aplicativos da Embrapa. Ele permite que produtores rurais e outros agentes do agronegócio acessem, por meio de tablets e smartphones, as informações oficiais do Zarc.

A adoção do zoneamento no processo de contratação de seguro pelos produtores rurais visa diminuir a exposição ao risco climático e minimizar prejuízos. Dessa forma, o Zarc Plantio Certo configura-se numa importante ferramenta de apoio à tomada de decisão, voltada principalmente aos agentes atuantes na cadeia de crédito e seguro agrícola.

A principal vantagem desse aplicativo desenvolvido no âmbito do Zarc é o produtor poder consultar as janelas de plantio em que há menor chance de frustração de safra devido a eventos climáticos adversos para mais de 40 culturas e sistemas de produção, em todos os municípios brasileiros. Além disso, o aplicativo oferece a lista de cultivares consideradas aptas a cada localidade, cadastradas no Registro Nacional de Cultivares (RNC) para 12 culturas agrícolas diferentes: amendoim, arroz (incluindo arroz irrigado),algodão, feijão, feijão-caupi, cevada, girassol, mamona, milho (1ª e 2ª safras), soja, sorgo, trigo. 

Outra funcionalidade disponibilizada pelo aplicativo Zarc Plantio Certo é o monitoramento climático a partir da data de semeadura informada pelo usuário. São cinco tipos de informações para as diferentes fases de desenvolvimento da cultura: armazenamento de água no solo, precipitação acumulada, número de dias sem chuvas e temperaturas mínima e máxima.

 

BiomaPhos - sustentabilidade e produtividade

BiomaPhos é o primeiro inoculante nacional para solubilização de fósforo, elemento vital para o desenvolvimento das plantas no campo. O produto alia sustentabilidade e produtividade, porque é biológico – produzido a partir de duas bactérias identificadas pela Embrapa Milho e Sorgo (MG), sendo uma no solo e a outra no milho – e é capaz de aumentar a absorção de fósforo pelas plantas.

O inoculante é um produto natural, e resulta de parceria entre a Embrapa e a empresa Bioma. O produto pode gerar aumento de 10% na produtividade do milho e 12% na produtividade da soja e vem mostrando resultados promissores em outras culturas; conforme a região, e isso pode significar 10 sacas ou 600 kg a mais por hectare, além de reduzir o uso de adubos fosfatados, o que pode diminuir a alta dependência dos produtores rurais brasileiros quanto a fertilizantes importados. 

O BiomaPhos traz como vantagem a promoção do crescimento tanto da parte aérea quanto das raízes das plantas, permitindo maior produção e maior produtividade. Estudos conduzidos pela Embrapa revelam que há um estoque bilionário de fósforo nos solos, que se encontra inerte e que não pode ser aproveitado pelas plantas. As bactérias solubilizadoras de fosfatos, que compõem o inoculante, conseguem disponibilizar esse elemento para a planta.

 

Trigo BRS Belajoia – melhor pacote fitossanitário do mercado

A cultivar de Trigo BRS Belajoia é uma cultivar de ciclo precoce, para plantio do tipo doméstico na Região 1 e tipo pão na Região 2, que entrega o melhor pacote fitossanitário do mercado, permitindo a redução de custos no controle de doenças. Apresenta ainda características diferenciadas de tipo de planta como porte baixo (75 cm média), tolerância ao acamamento e excelente perfilhamento. Todas essas características juntas permitem que a cultivar BRS Belajoia seja o trigo para o produtor que busca rentabilidade com menor custo.

É uma cultivar que se destaca pela sanidade, porque para o complexo de doenças apresenta excelente resistência ao oídio e ao vírus do mosaico do trigo; moderada resistência ao complexo de manchas, ferrugem da folha, septoriose e vírus do nanismo amarelo da cevada; e moderada suscetibilidade a giberela. Além disso, apresenta moderada resistência à geada na fase vegetativa, debulha natural e crestamento; e moderada resistência a moderada suscetibilidade para germinação na espiga.

Desenvolvida pela Embrapa Trigo (RS) e com multiplicação da “semente básica” feita pelas empresas Van Ass Sementes e Agromar Comércio de Insumos Marau, na produção de sementes a cultivar BRS Belajoia apresenta potencial produtivo competitivo, e pode alcançar a média de 70 sacos por hectare, fornecendo segurança de um melhor custo-benefício ao produtor.

 

Soja BRS 8980IPRO – tolerante a veranicos

A cultivar de soja BRS 8980 IPRO apresenta tolerância às variações climáticas e tem potencial para atingir altas produtividades, mesmo em regiões com ocorrência de veranicos frequentes. Esses curtos períodos de estiagem, durante a época de chuvas, prejudicam o desenvolvimento da soja, causando prejuízos aos agricultores. 

A soja BRS 8980 IPRO alcança altas produtividades e tem resistência às principais doenças da cultura. Por ser INTACTA RR2 PRO™, oferece controle contra as quatro principais lagartas que atacam a cultura da soja – lagarta da soja (Anticarsia gemmatalis), lagarta falsa medideira (Chrysodeixis includens e Rachiplusia nu), broca das axilas, também conhecida como broca dos ponteiros (Crocidosema aporema) e lagarta das maçãs (Heliothis virescens) – e supressão à lagarta do tipo elasmo (Elasmopalpus lignosellus).

É recomendada para a região do Matopiba, que abrange os estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, com extensão de uso nos estados de Goiás, Distrito Federal e Minas Gerais (REC 304), Pará e Roraima, conforme o Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc) do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento. 

A cultivar foi desenvolvida na Embrapa Cerrados (DF) em parceria com a Embrapa Soja (PR), no âmbito da cooperação técnica entre com a Fundação Bahia, e tem como objetivo garantir estabilidade de produção aos agricultores, mesmo em anos de limitações hídricas.

 

Arroz BRS A501 CL – resistência ao Kifix

BRS A501 CL é a primeira cultivar de arroz de terras altas resistente ao herbicida de amplo espectro de ação Kifix. O material é indicado para as regiões Centro-Oeste e Norte do país, tem ciclo médio de 101 a 110 dias, e é recomendado para sistemas de plantio direto na palha e para áreas com problemas de plantas daninhas. A produtividade média é de 4 mil kg por hectare e o potencial produtivo ultrapassa os 8 mil kg.

O arroz BRS A501 CL é resultado do programa de melhoramento genético convencional da Embrapa Arroz e Feijão (GO), por meio de uma parceria com a Basf, detentora da tecnologia Clearfield. Com o uso dessa tecnologia, o produtor precisa fazer apenas duas pulverizações de Kifix ao longo da safra, reduzindo em até 50% os custos com controle de plantas daninhas.

Outra característica da BRS A501 CL é o alto e estável rendimento de grãos inteiros, a cultivar apresenta constantemente mais de 60% de grãos inteiros. Esse alto rendimento se mostra estável no período de 25 a 53 dias após o florescimento, o que permite ao produtor ampliar a janela de colheita do arroz sem que haja perda na qualidade do produto final.

 

Fotos: https://www.embrapa.br/busca-de-noticias/-/noticia/51854637/destaques-tecnologicos-da-embrapa-oferecem-resultados-positivos-para-o-setor-produtivo

 

Contatos:
 
Selma Lúcia Lira Beltrão (DRT 2490 DF)
Secretaria de Inovação e Negócios (SIN)
Contatos para a imprensa
selma.beltrao@embrapa.br
Telefone: 61 3448 2423
 

Colaboração

Ana Laura Lima (MTb 1268/PA)
Embrapa Amazônia Oriental

Graziella Galinari (MTb 3863/PR)
Embrapa Informática Agropecuária

Joseani M. Antunes (MTb 9693/RS)
Embrapa Trigo

Guilherme Viana (MTb 06.566/MG)
Embrapa Milho e Sorgo

Juliana Miura (4563/DF)
Embrapa Cerrados

Gabriel Faria (Mtb 15.624 MG JP)
Embrapa Agrossilvipastoril

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

www.embrapa.br | fb.com/embrapa | twiter.com/embrapa

Caso não consiga visualizar o e-mail, acesse este link.


Caso não deseje mais receber nossos e-mails, por favor clique nesse link.

ResponderEncaminhar
     
 
 

.

 

Comentários

Nenhum comentário ainda foi feito, que tal ser o primeiro?




Noticiário Geral